O conteúdo desta página requer uma nova versão do Adobe Flash Player.

Pegue o Adobe Flash player

 Translate / Traduzir

Princípio da especificidade

PRINCÍPIO DA ESPECIFICIDADE

A partir do surgimento do conceito de treinamento total, quando todo o trabalho de preparação passou a ser feito de forma sistêmica, integrada e voltada para objetivos  claramente enunciados, a orientação do treinamento por meios e métodos de trabalho veio, paulatinamente, perdendo a razão  de ser. Hoje em dia nos grandes centros   desportivos, esta forma  de orientação do treinamento foi totalmente abandonada em proveito da designação da forma  de trabalho pela qualidade física que se pretende atingir.
Associando-se este conceito á preocupação em adequar o treinamento do segmento corporal ao do sistema   energético e ao do gesto desportivo, utilizado na performance, ter-se-á o surgimento  de um sexto principio cientifíco do treinamento desportivo ou seja o principio da especificidade, que vem somar aos já existentes.
O principio da especificidade é aquele que impõe, como ponto 
essencial que o treinamento deve ser montado sobre os requisitos especificos da performance desportiva em termos de qualidade física interveniente, sistema energético preponderante, segmento corporal e coordenação psicomotora utilizados.
Apesarde se saber que nas competições o organismo é capaz de surportar as sobrecargas que lhe foram, especificamente, imposta durante o treinamento, não se supunha que a margem de transferência adaptativa fosse tão restrita como se apresenta na realidade. Ao se estudar o principio da especificidade, de imediato avulta um fator determinante que o princípio da individualidade biológica, estabelecendo limites individuais  a esta capacidade de transferência. Este princípio refletir-se-á em duas amplas categorias de fundamentos fisiológicos: os aspectos metabólicos e os aspectos neuromusculares .Desta forma o principio da especificidade irá impor que o treinador, ciente do tempo de duração da performance e de sua intensidade, determine a precisão a via energética preponderante. Conforme a via utilizada, o treinamento visará a uma ou a outra qualidade física.
O sistema cárdio-respiratório que se integrará principalmente ao sistema aeróbio e atuará sobre a base bioquimica da bioenergética. Obviamente, num programa  de treinamento da resistência  aeróbia, os efeitos desejáveis sobre o sistea cardio- respiratório serão aqueles que otimizam sua função transportadora de oxigênio.
O principio da especificidade preconiza no entanto que se deve além de treinar  o sistema energético e o cárdio-respiratório dentro dos parâmetros da prova que irá se realizar,faze-lo com o mesmo tipo de atividade de performance. Isso serve cada vez mais para afirmar que na consciência do treinador que o treino, principalmente na fase próxima a competição deve ser estritamente especifico, e que a realização de atividades diferentes  das executadas  durante a performance com a finalidade   de preparação física, só se justifica se for feita  para evitar a inibição reativa(ou saturação de aprendizagem).

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player